Certificação de lote – Artigos escolares

A venda de artigos escolares no Brasil possui regulamentação compulsória pelo INMETRO, que prevê dois modelos para certificação desses produtos, chamados de Sistema 5 (onde é certificada a fabricação) e Sistema 7 (onde é certificado um determinado lote de produtos), que são aplicáveis para produtos fabricados aqui no Brasil ou fora do país. Hoje vamos falar um pouco sobre a certificação de lote.

Processo de certificação de lote

Para esse processo, inicialmente o solicitante da certificação informa ao organismo certificador quais produtos deseja certificar, a quantidade e o local de origem dos artigos escolares. Após a análise dessa documentação inicial, é feito o registro de identificação do lote e a coleta das amostras para ensaios em
laboratório. A quantidade de amostras varia de acordo com o tamanho do lote e quantidade de modelos diferentes de produtos, quanto mais unidades, mais amostras devem ser coletadas e ensaiadas.


Com a coleta realizada, os produtos são enviados para laboratório para testes focados na segurança do usuário, seguindo as orientações da norma ABNT NBR 15236. *É importante lembrar que o produto deve ser aprovado em TODOS os ensaios, qualquer reprovação impede a certificação, portanto caso haja dúvida se o mesmo irá atender aos requisitos das normas, é recomendável realizar um pré-teste, onde é selecionada uma quantidade menor de unidades e estas são ensaiadas para avaliar se o produto atende aos requisitos de segurança antes de iniciar o processo de certificação.
Com a aprovação dos produtos nos ensaios, o processo está concluído, e o organismo de certificação emite um certificado para aquele determinado lote. Caso a empresa deseje certificar outro lote deve iniciar um novo processo.

Algumas vantagens de certificação de lote


 Agilidade, o agendamento da coleta, realização dos ensaios e conclusão do processo é mais rápido do que para a certificação Sistema 5.
 O certificado não tem um prazo determinado de validade, ou seja, ele é válido até que todos os produtos sejam comercializados.
 É uma opção para casos onde o fabricante não consegue atender as exigências do Sistema 5 de certificação, sendo mais vantajoso para lotes grandes e para casos onde o solicitante da certificação não irá depender de uma produção/importação contínua desses produtos.
 É um evento único. Para certificações no Sistema 5, é necessário realizar acompanhamentos dos produtos anualmente, tanto na fábrica quanto no mercado, o que não ocorre para o Sistema 7 de certificação.

Quer saber mais sobre este processo de certificação de lote para material escolar? Fale com ITAC BR, nossa equipe está preparada para orientar e realizar todos os processos.



Deixe uma resposta