Certificação de Fios e Cabos elétricos – é obrigatória?

Importância da certificação de fios e cabos elétricos

A certificação de produtos é o meio de se atestar que o produto foi fabricado de forma a atender aos requisitos de uma Norma ou de um Regulamento Técnico. A certificação é feita por Organismos de Certificação Credenciados – OCC no Sistema Brasileiro de Certificação.

Quando um produto, por não estar de acordo com os requisitos da norma, puder afetar a saúde ou a segurança do consumidor, o Inmetro ou outro órgão governamental pode tornar a certificação desse produto obrigatória (compulsória), que é o caso da certificação para fios e cabos elétricos que tem a certificação obrigatória.

Por que certificar fios e cabos elétricos?

A certificação de Fios e cabos elétricos atesta que os produtos foram analisados em
laboratório e que apresentam as condições mínimas para evitar riscos tais como:

  • Risco de incêndio
  • Pouca resistência
  • Possíveis choques elétricos

A Certificação de fios e cabos, de acordo com normas do Inmetro é de responsabilidade dos fabricantes, e todo Revendedor (Lojista) ou Distribuidor é
responsável pela comercialização do produto, certificado pelo sistema INMETRO. O produto certificado tem obrigatoriamente um selo INMETRO na embalagem (com a respectiva identificação do órgão certificador do produto – OCP) que deve ter as características especificadas nas normas ABNT NBR vigentes do produto.

Quais os riscos de utilizar Fios e cabos elétricos não certificados?

Aos Revendedores/lojistas ou Distribuidores:

1. Apreensão do estoque pela fiscalização do INMETRO e/ou IPEMs;
2. Perda de credibilidade no mercado por vender produto "não conforme";
3. Penalidades jurídicas e legais, por comercializar produto "não conforme" ou
sem a certificação compulsória do sistema INMETRO.

Aos Instaladores e Construtoras:

1. CLIENTE insatisfeito e em risco devido aos problemas da Instalação Elétrica;
2. CUSTO pela troca do produto e reinstalação por outro que atenda as normas;
3. Penalidades jurídicas e legais, por instalar produto "não conforme" ou sem a
certificação compulsória do sistema INMETRO.

Aos Consumidores:

1. Instalações Elétricas com risco de curto-circuito ou até INCÊNDIOS;
2. Perda de seu patrimônio;
3. Risco à saúde e vida de seus familiares;
4. Aumento de consumo de energia elétrica pelo aquecimento dos condutores,
causado pela quantidade menor de Cobre.

Saiba mais sobre como obter essa certificação para fios e cabos elétricos e acesse a portaria 640 do Inmetro que regulamenta este produto.



Deixe uma resposta