A certificação de brinquedos é obrigatória?

Brincar é uma atividade lúdica essencial. Saudável e muito importante para o desenvolvimento cognitivo das crianças, os brinquedos são quase sempre um convite para os mais diversos tipos de brincadeiras.

Os brinquedos podem estimular a imaginação e acelerar as capacidades intelectuais, emocionais e sociais da criança. Mas para que a brincadeira seja saudável e bem-sucedida é preciso que os brinquedos ofereçam segurança para os pequenos, respeitando todas as normas estabelecidas na Certificação de Brinquedos.

Como funciona a certificação de brinquedos?

Obrigatória no país desde 1992, a Certificação de Brinquedos regulamenta e assegura que o produto siga os requisitos mínimos de segurança, exigidos pelo Inmetro. Aumentando, dessa forma, a confiança no produto que está sendo comercializado no mercado.

A Certificação de Brinquedos visa eliminar os possíveis riscos que podem conter na utilização de um brinquedo, como por exemplo:

– Bordas cortantes;
– Pontas afiadas;
– Peças pequenas que podem ser facilmente engolidas;
– Substância inflamável.

Como conseguir a certificação de brinquedos?

As avaliações para adquirir a Certificação de Brinquedos são realizadas por organismos acreditados pelo Inmetro, levando em consideração o tipo de brinquedo e o material utilizado.

O selo de Certificação de Brinquedos garante que o produto tenha passado por testes laboratoriais e está cumprindo todos os requisitos de segurança.

Por que fazer com o ITAC?

O ITAC realiza a Certificação de Brinquedos em conformidade com as regras estabelecidas pela CGCRE/INMETRO para todos os brinquedos, sejam eles produzidos no Brasil ou no exterior.

O ITAC certifica os brinquedos pensando no desenvolvimento da sua empresa. Temos flexibilidade de agenda e atendemos as empresas de todas as regiões, priorizando a qualidade dos serviços executados, a imparcialidade e a credibilidade. Para conhecer mais sobre os serviços do ITAC, entre em contato com a equipe de atendimento ou se preferir, solicite um orçamento.



Deixe uma resposta